• P. S. Eu Te Amo capa
  • P. S. Eu Te Amo capa
  • P. S. Eu Te Amo capa
  • P. S. Eu Te Amo capa
  • P. S. Eu Te Amo capa
  • P. S. Eu Te Amo capa
  • P. S. Eu Te Amo capa
  • P. S. Eu Te Amo capa
< >

Livro: P. S. Eu Te Amo (pdf)

autor:

4
694 avaliações

Bem-vindo à melhor rede social de livros do Brasil (modéstia a parte. ;)! Tudo aqui gira ao redor da literatura, seja ela nacional ou estrangeira. Livros, livros e mais livros, nada mais importa. Tudo sobre seus autores favoritos e resenhas dos livros que você deseja ler. Perfeito para decidir qual será seu próximo livro, ou saber o que outras pessoas estão pensando sobre o livro que você já leu. Crie sua biblioteca e aproveite, o site é seu!

Nas bibliotecas (1483)



+ ver todos
  • classificou 4
    + biblioteca de Lais

    Ate agora um bom livro, bem romântico e triste




  • classificou 4
    + biblioteca de Jaíne

    Lindo e divertido.. um romance nada meloso e muito intusiasmante




  • classificou 5
    + biblioteca de Zeca

    Chorei litros...




  • classificou 4
    + biblioteca de Ana

    Uma história linda..




  • classificou 3
    + biblioteca de Jeh

    Pela primeira vez acho um filme melhor que o livro rsrsrs Não que o livro não seja bom, mais o filme achei mais emocionante!!!!




  • classificou 5
    + biblioteca de Thaíse

    Minha amada Holly, (...) Vivemos coisas lindas juntos e você fez a minha vida... Você fez a minha vida. Não tenho arrependimentos. Mas sou apenas um capítulo da sua vida, muitos outros virão. Guarde nossas lembranças, mas por favor, não deixe de criar outras. (p. 29)

    Eu fui enganada! E você também terá grandes surpresas se pensa que, a partir da cena que começou com o trecho acima, tudo foi um grande gesto meloso, romântico, com lágrimas demais, desejos de "Queria que ele estivesse aqui", e "Por quê??". Prepare-se emocionalmente antes de ler este livro: para chorar e, também, para rir muito!

    "P. S. Eu Te Amo" tem inúmeras cenas hilariantes e momentos constrangedores - tanto no passado como no presente -, xingamentos silenciosos e muita diversão envolvem a lista que Gerry deixou para sua esposa e melhor amiga, Holly. Junte a isso amigos sem noção, mas completamente apaixonantes, uma família grande e complicada, e você tem uma das melhores leituras do ano. Ela fala do tempo do luto, dos limites do amor familiar e do romântico, força, amizade, recuperação.

    "... Percebeu que estava voltando aos antigos hábitos. Todos os pensamentos positivos das últimas semanas estavam desaparecendo pouco a pouco a cada dia. Era muito cansativo tentar ser feliz o tempo todo, e ela simplesmente não tinha mais energia para isso. (...) Quem se importava?" (p. 69)

    Não vou dizer que o livro não tem momentos que nos fazem sentir como se alguém tivesse lançado um anzol em nossos corações, brincando de dar puxadinhas. Há muitos assim: as palavras não ditas e aquelas que sobraram nas brigas inúteis; os instantes de ódio que eclipsaram os de amor; os conflitos internos sobre luto e paixão. Mas, na maior parte do tempo, dei muita risada!

    A história é narrada em terceira pessoa, mas nem sempre é do ponto de vista de Holly, e, nesses casos especiais, todo autocontrole emocional é pouco. Gerry não estipulou limites para seu cuidado com a esposa, e com o estado dela na ausência definitiva dele. O livro é romântico, sim; emocionante, muito divertido e, às vezes, revoltante. Tem personagens marcantes, cuja existência desejamos intensamente, mesmo aqueles "sem noção". O ponto alto, obviamente, é Gerry. Posso apenas começar a imaginar quão grande pode ser o amor de uma pessoa por outra, a ponto de não apenas desejar sua felicidade, mas fazer acontecer; no meio da tormenta, das crises que nós tão bem conhecemos - sabendo da rotina de quem passou por quimioterapia e todo o tratamento agressivo do câncer -, encontrar o tempo e a força de fazer algo assim. É surreal. É supremo. É Amor.

    "Se Holly tivesse se separado do marido por não mais conseguir suportá-lo, conseguiria entender que, em determinado momento, acabaria sentindo atração por outra pessoa. Mas seu marido havia morrido quando os dois ainda se amavam muito... Seu coração, sua alma e mente ainda pertenciam a Gerry. "(p. 144)

    Um amor benigno, altruísta e completo, aquele que se sente por uma alma afim, uma alma gêmea. Por todo o livro, flutua a aura daquela pergunta simples: Se soubesse que seria a última vez, o último abraço ou beijo, teria deixado tudo terminar tão rápido? Se soubesse que aquela briga seria a última, teria perdido tempo brigando, ou fingindo que não se importava?

    Desta blogueira, o livro leva nota máxima, e com convicção.







Baixe seu e-book

Download

Livro de papel na Amazon
com um super desconto!

Quero

Comprou, ajudou. :)

Compre um livro e ajude o Orelha de Livro a continuar existindo. Como assim?

Olá querido usuário,
um minutinho da sua atenção.

O que você tem achado do Orelha de livro? Saiba que para nós, não existe nada mais importante do que um usuário feliz. Gostaríamos então de lhe fazer um pedido, mas antes disso, queremos explicar algumas coisas: O Orelha de Livro é um projeto sem fins lucrativos mantido pelo MuccaShop, mas que precisa de dinheiro para continuar ativo. São diversas despesas, como servidores, computadores, funcionários, entre outras coisas que ajudam a manter nosso site no ar. Ok, você deve estar se perguntando, como posso ajudar? Oras, é bem simples. Alguns sites pedem doações aos seus usuários, mas nós não curtimos muito essa ideia. Ao invés disso, decidimos criar uma ferramenta muito útil para quem adora livros: um comparador de preços (que aparece na página de detalhes do livro) e sugestões de livros (que você já deve ter visto pelo site). Assim, sempre que encontrar um livro do seu gosto, por um preço bom, basta clicar e realizar a sua compra no site da loja. Muito fácil, não? Dessa maneira, além de estar ajudando a manter o Orelha de livro ativo e ver crescer sua biblioteca, terá nossa gratidão eterna. :) Muito obrigado, e boa leitura!

Orelha de Livro