• Pandemônio capa
  • Pandemônio capa
  • Pandemônio capa
< >

Livro: Pandemônio (pdf)

autor:

4
93 avaliações

Bem-vindo à melhor rede social de livros do Brasil (modéstia a parte. ;)! Tudo aqui gira ao redor da literatura, seja ela nacional ou estrangeira. Livros, livros e mais livros, nada mais importa. Tudo sobre seus autores favoritos e resenhas dos livros que você deseja ler. Perfeito para decidir qual será seu próximo livro, ou saber o que outras pessoas estão pensando sobre o livro que você já leu. Crie sua biblioteca e aproveite, o site é seu!

Nas bibliotecas (208)



+ ver todos
  • + biblioteca de Ana Paula

    "O ódio é isso. Alimenta você e ao mesmo tempo faz apodrecer.
    É um sentimento difícil, profundo e inflexível, um sistema de bloqueios. É tudo e inteiro.
    O ódio é uma torre alta. Na Selva, começo a construí-la e a escalar."

    Adoro quando começo uma leitura que parece entediante e depois, não consigo mais largar o livro e fico doida com o final! Pandemônio fez isso comigo - no começo a narrativa é um pouco lenta e isso me deixou com raiva, mas depois da página 50 mais ou menos, pequei o ritmo da leitura e agora estou surtando para começar a ler Réquiem logo! rsrsrsrsr

    "Em um mundo sem amor, é isto que as pessoas são umas para as outras: valores, benefícios e encargos, nada além de números e dados. Nós pesamos, quantificamos, medimos, e a alma é esmagada até virar pó."

    Pandemônio começa exatamente de onde Delírio parou: a fuga de Lena e Alex para a Selva. Mas só Lena consegue pular a cerca, Alex fica para trás e Lena acredita que ele está morto. Lena continua a correr, quando não aguenta mais correr, ela se arrasta, até que alguém a encontra - Graúna e seu bando cuidam dela e lhe dão abrigo. Lena agora está no meio dos Inválidos - aqueles que não aceitam a cura para o Amor. Terá Lena forças para seguir em frente depois que perdeu tudo o que mais lhe importava?

    "Na Zumbilândia, sempre há alguém observando. As pessoas não têm nada mais para fazer. Elas não pensam. Não sentem paixão, nem ódio, nem tristeza; não sentem nada além de medo e desejo de controle. Assim, elas observam, se intrometem, xeretam."

    Gente, que livro fantástico! A autora continua com a narrativa em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Lena. Divide os capítulos em "Antes" e "Agora" - o "Antes" é quando Lena chega na Selva, como ela se recupera e tenta superar seus conflitos internos. O "Agora", é Lena infiltrada na Sociedade que destruiu tudo o que ela amava. A Revolução ganha forma e sentido, Lena lutará pela liberdade de amar e ser amado.
    Senti muita falta de Alex neste livro, mas foi até bom tudo o que aconteceu, pois temos mais ação e Lena cresce consideravelmente. No começo, ela reclama de tudo e sente muita falta de Alex (como eu :'( ) mas isso só serve para deixá-la mais dura, corajosa. Acho até que foi por causa disso que a narrativa ficou lenta. Um novo sentimento é despertado em nossa protagonista, Lena conhece Julian, um importante membro do DSA, que é a favor da erradicação da doença. Mas os opostos se atraem e quando ambos menos esperarem, serão infectados!

    "Ele não é Alex. Você não quer Julian. Você quer Alex. E Alex está morto.Mas isso não é bem verdade. Também quero Julian."

    Uma das melhores distopias que já li, está na minha lista de preferidos com certeza, a ideia de um mundo onde o amor é uma doença perigosa e instável, realmente te deixa pensativo, mas o desejo de sentir, de ser livre, é maior e cresce a cada página. Novos personagens são agregados ao enredo e cada um tem uma parte importante na Revolução, conhecemos Graúna e Prego, dois guerreiros que lutam por um ideal. Todos são construídos com maestria, deixando o leitor apaixonado por cada personalidade!
    A capa é linda, segue o mesmo parâmetro da primeira capa. A diagramação é simples, mas bem feita, sem erros de revisão. O título condiz perfeitamente com o enredo, que te deixa tenso do início ao fim. Lena é uma adolescente, está sozinha e confusa, isso a torna mais humana e podemos sentir seus medos e sua coragem assustadora. A Sociedade impõe regras, mata sem só, quem será capaz de amar em um mundo assim? *o* Leiam! Recomento completamente!

    "Pegue algo de nós, e nós pegaremos de volta. Roube de nós, e roubaremos tudo de você. Se nos pressionar, vamos bater.É assim que o mundo funciona agora."

    http://livrosdeelite.blogspot.com.br/2014/10/resenha-pandemonio-trilogia-delirio.html#.VEeSWfnF9Ig




  • classificou 5
    + biblioteca de Paula

    Longe de Alex, Lena se submete a uma nova vida na selva, e até um novo amor, quando a revolução começa! Maravilhoso




  • + biblioteca de Gabriella

    Enlouquecida pra ler Requiem!!!!




  • classificou 5
    + biblioteca de Prii

    Eu parei de respirar ao final do Pandeônio




  • classificou 5
    + biblioteca de Amanda

    tipo eu ja estava toda esperançosa ...alex




  • classificou 5
    + biblioteca de Jane

    Só o cabelo está igual: aquela coroa castanha,como folhas no outono.
    Impossível. Fecho os olhos e torno a abri-los: o garoto que saiu de um sonho,de outra vida.
    Um garoto que voltou dos mortos...Alex...




  • classificou 0
    + biblioteca de Karen

    Mais envolvente que o primeiro. Suspense e paixão, deliciosamente dramático, perfeito.




  • classificou 0
    + biblioteca de Karen

    Achava que Delírio tinha superado as minhas expectativas. Mas Pandemônio está mostrando que tem muito mais. Quer dizer, a leitura é mais envolvente porque nos desafia a entrar numa época surreal e ao mesmo tempo sentir o que j´sentimos, literalmente morrer de amor.. perfeito!




  • classificou 5
    + biblioteca de Andressa

    muito bom, ansiosa por Requiem *---*







Baixe seu e-book

Download

Livro de papel na Amazon
com um super desconto!

Quero

Comprou, ajudou. :)

Compre um livro e ajude o Orelha de Livro a continuar existindo. Como assim?

Olá querido usuário,
um minutinho da sua atenção.

O que você tem achado do Orelha de livro? Saiba que para nós, não existe nada mais importante do que um usuário feliz. Gostaríamos então de lhe fazer um pedido, mas antes disso, queremos explicar algumas coisas: O Orelha de Livro é um projeto sem fins lucrativos mantido pelo MuccaShop, mas que precisa de dinheiro para continuar ativo. São diversas despesas, como servidores, computadores, funcionários, entre outras coisas que ajudam a manter nosso site no ar. Ok, você deve estar se perguntando, como posso ajudar? Oras, é bem simples. Alguns sites pedem doações aos seus usuários, mas nós não curtimos muito essa ideia. Ao invés disso, decidimos criar uma ferramenta muito útil para quem adora livros: um comparador de preços (que aparece na página de detalhes do livro) e sugestões de livros (que você já deve ter visto pelo site). Assim, sempre que encontrar um livro do seu gosto, por um preço bom, basta clicar e realizar a sua compra no site da loja. Muito fácil, não? Dessa maneira, além de estar ajudando a manter o Orelha de livro ativo e ver crescer sua biblioteca, terá nossa gratidão eterna. :) Muito obrigado, e boa leitura!

Orelha de Livro