• Dias Perfeitos capa

Livro: Dias Perfeitos (pdf)

autor:

4
36 avaliações

Bem-vindo à melhor rede social de livros do Brasil (modéstia a parte. ;)! Tudo aqui gira ao redor da literatura, seja ela nacional ou estrangeira. Livros, livros e mais livros, nada mais importa. Tudo sobre seus autores favoritos e resenhas dos livros que você deseja ler. Perfeito para decidir qual será seu próximo livro, ou saber o que outras pessoas estão pensando sobre o livro que você já leu. Crie sua biblioteca e aproveite, o site é seu!

Nas bibliotecas (155)



+ ver todos
  • classificou 3
    + biblioteca de Daniella

    Minha Opinião: Muito tinha ouvido falar desse escritor, e ainda não tinha lido nada dele.

    Não sei bem o que dizer da história. Não é que eu esperava algo diferente, porém na maior parte foi morna a leitura. Não gostei do final, espera que a história tivesse uma reviravolta melhor. Mas antes de falar sobre isso, vou falar um pouco melhor a respeito da história.

    Téo levava uma vidinha pacata indo pra faculdade de medicina e cuidando da mãe cadeirante até conhecer em um churrasco Clarice. Depois que pôs os olhos nela, tendo uma breve conversar, ele praticamente ficou obcecado. Deu um jeito de descobrir onde ela estudava, passou a segui-la na vão esperança de ter um encontro meio que por obra do acaso. E quando enfim ele consegue novamente conversar com ela – que o rejeita – tudo muda drasticamente.

    Não sou de gostar de personagens que de uma forma não explícita acaba sempre se favorecendo na história, e Téo é um deles. Além de ser extremamente machista. O que me fez lembrar um pouco de Norman Bates de Psicose. Ambos cuidam da mãe, e mesmo fazendo o que a mãe pede, eles tem pensamentos ruim sobre elas. A comparação acaba aqui.

    Outra coisa que me custou acreditar na história foi o fato de que Téo carrega a Clarice dentro de uma mala, é claro que ela está desacordada por causa dos sedativos que ele dar nela, mesmo assim achei estranho esse fato.

    Clarice antes se mostrava uma mulher muito forte, o que de fato era apenas um disfarce porque ela deixou a desejar. Principalmente quando um acontecimento em questão muda os fatos, e foi quando eu fiquei esperando que a história me ganhasse, mas nem isso ocorreu. Acabei ficando com ódio de todos os personagens, todos.

    Não gostei do final. Quando comecei a perceber que seria aquele mesmo me desanimou muito. Esperava algo que mudasse bastante a história, na verdade eu esperei uma reviravolta quase que o livro todo. Mas é muito bem escrito, isso não posso deixar de ressaltar, porém não me agradou.

    Uma das coisas que estava pensado depois que terminei de ler é que a história apesar de ser fictícia ela se parece muito com milhares de história reais. O comportamento do Téo se assemelha a milhares de comportamentos que vemos em reportagem na tv, o que na maioria das vezes não são boas noticias. Téo não aceita uma rejeição e por isso tenta de todas as formas mostrar pra Clarice que ele a ama e só por isso, apenas por isso eles tem que ficar juntos. Custe o que custar.

    Por causa disso é que não gostei do final, não achei justo, não me conforme e não aceitei ainda.


    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br/2016/05/resenha-dias-perfeitos.html




  • classificou 0
    + biblioteca de Renata

    A história em si é interessante: Um psicopata, que estuda medicina, antissocial e com uma mãe cadeirante....Em um dia, ele encontra uma garota numa festa a qual não queria ir - mas que devido à insistência de sua mãe, acabou indo - e daí, passa a achar que ela foi feita para ele e vice versa... Bem, o suspense e a trama em si teve uma medida certa, mas ficaram lacunas do tipo: o que levou este rapaz à esta psicopatia toda? ok,ok, tem gente que já nasce assim e pronto, mas do meu ponto de vista, ficou faltando uma razão maior para isso tudo.




  • classificou 4
    + biblioteca de Vênus

    Surpreendente é a palavra que me vem a mente quando penso nesse livro.
    Comecei a lê-lo sem muitas expectativas, já que tive experiências ruins com autores brasileiros dessa novíssima geração, mas em poucas páginas ele conseguiu quebrar esse meu preconceito. O que temos aqui é aquele tipo de autor bem raro atualmente, que consegue unir as duas coisas essenciais para se ter um bom livro: a ótima escrita e uma história interessante.
    O livro conta a história de um amor obsessivo, explorando o psicológico do personagem principal com maestria, levando-nos para dentro de sua mente doentia. É um livro angustiante, de certa forma perturbador, que destrói a todo momento sua previsão do que acontece em seguida. Foi uma ótima surpresa que me fez enxergar como temos talentos nacionais que nem sempre recebem o espaço devido. É um livro que supera, em todos os quesitos, inúmeros títulos internacionais que são vendidos por aí como incríveis, mas não passam de porcaria escrita exclusivamente para vender, com mais publicidade que qualidade.
    Dias perfeitos tem potencial para agradar tanto os que gostam de um bom romance psicológico como também os que sabem apreciar um bom livro, independente do gênero.




  • classificou 0
    + biblioteca de Sheylla

    Em Dias Perfeitos conhecemos Téo, um estudante de Medicina e filho de uma paraplégica. Ele é um cara meio recluso da sociedade e divide seu tempo entre as aulas de Anatomia, e o cadáver Gertudres, e sua mãe, ajudando-a nas tarefas diárias.
    Sua mãe o convence a ir em um churrasco e lá ele conhece Clarice, uma garota de espírito livre e que está escrevendo um roteiro para um road movie. Téo logo se interessa por ela e sua forma de viver a vida e começa a tentar descobrir mais sobre a garota. A personalidade peculiar de Téo o faz o stalker obcecado por Clarice, capaz de fazer qualquer coisa para conquistá-la, mas Clarice tem namorado... isso não é um problema para Téo, ele acredita ser o homem ideal para ela.

    Cara, eu não sei nem o que dizer desse livro, é muito chato quando você cria grandes expectativas e acaba levando um balde de água fria na cara. Téo tinha tudo para ser um ótimo psicopata mas passa muito longe disso, o livro me parece um roteiro mal feito de novela das seis da rede globo, desde as inúmeras vezes que Téo coloca Clarice dentro de uma mala para não levantar suspeitas, as incontáveis vezes que ele aplica um sonífero na moça e até mesmo um hotel em que os funcionários são todos anões. Apenas não.

    A reviravolta fica por conta da própria Clarice, que consegue virar o jogo e fazer o próprio Téo de sequestrado, mas por pouco tempo já que ao descobrir que Téo matou seu namorado ela tenta se matar no mar e milagrosamente Téo consegue se soltar e a salva de morrer afogada, só para fraturar sua coluna e deixa-la paraplégica como a sua mãe.

    Quando tudo podia dar certo no final, Téo sendo preso e tudo o que a gente espera lendo... Clarice perde a memória e se convence que Téo é seu namorado e eles estão noivos. Não! Não! Não dá nada certo nessa história, os absurdos são tantos que dá vontade de gritar. Eu quero muito ler outro livro desse autor, mas se for a mesma linha absurda desse eu prefiro nem perder meu tempo.

    site: http://www.loucura-literaria.com/2015/03/resenha-dias-perfeitos-raphael-montes.html







Baixe seu e-book

Download

Livro de papel na Amazon
com um super desconto!

Quero

Comprou, ajudou. :)

Compre um livro e ajude o Orelha de Livro a continuar existindo. Como assim?

Olá querido usuário,
um minutinho da sua atenção.

O que você tem achado do Orelha de livro? Saiba que para nós, não existe nada mais importante do que um usuário feliz. Gostaríamos então de lhe fazer um pedido, mas antes disso, queremos explicar algumas coisas: O Orelha de Livro é um projeto sem fins lucrativos mantido pelo MuccaShop, mas que precisa de dinheiro para continuar ativo. São diversas despesas, como servidores, computadores, funcionários, entre outras coisas que ajudam a manter nosso site no ar. Ok, você deve estar se perguntando, como posso ajudar? Oras, é bem simples. Alguns sites pedem doações aos seus usuários, mas nós não curtimos muito essa ideia. Ao invés disso, decidimos criar uma ferramenta muito útil para quem adora livros: um comparador de preços (que aparece na página de detalhes do livro) e sugestões de livros (que você já deve ter visto pelo site). Assim, sempre que encontrar um livro do seu gosto, por um preço bom, basta clicar e realizar a sua compra no site da loja. Muito fácil, não? Dessa maneira, além de estar ajudando a manter o Orelha de livro ativo e ver crescer sua biblioteca, terá nossa gratidão eterna. :) Muito obrigado, e boa leitura!

Orelha de Livro