• O Silêncio Das Montanhas capa
  • O Silêncio Das Montanhas capa
  • O Silêncio Das Montanhas capa
  • O Silêncio Das Montanhas capa
  • O Silêncio Das Montanhas capa
< >

Livro: O Silêncio Das Montanhas (pdf)

autor:

4
375 avaliações

Bem-vindo à melhor rede social de livros do Brasil (modéstia a parte. ;)! Tudo aqui gira ao redor da literatura, seja ela nacional ou estrangeira. Livros, livros e mais livros, nada mais importa. Tudo sobre seus autores favoritos e resenhas dos livros que você deseja ler. Perfeito para decidir qual será seu próximo livro, ou saber o que outras pessoas estão pensando sobre o livro que você já leu. Crie sua biblioteca e aproveite, o site é seu!

Nas bibliotecas (1038)



+ ver todos
  • + biblioteca de Cássia

    Linda história dramática.




  • classificou 0
    + biblioteca de Lailson

    Mais um livro finalizado em 2015 e um dos melhores.
    Khaled Hosseini sabe conta histórias com muita qualidade,mostrando todas anuncias do ser humano onde nem tudo é preto e branco bom ou mau. Quem leu Caçador de Pipas livro dele tbm sabe do que estou falando, histórias sofridas mais que valem super a pena ser lidas.




  • classificou 0
    + biblioteca de Laura

    Amo os livros do Khaled Hosseini. Sempre muito emocionantes. São livros merecedores de serem lidos com vontade.
    Considero 'O Silêncio das Montanhas' o melhor dele.




  • classificou 0
    + biblioteca de Deinha

    Sinceramente esperava mais desse livro, ele é muito confuso e principalmente o final eu não gostei, acho que o escritor deveria ter deixado os irmãos se reencontrarem de forma natural e não com uma doença onde ele não reconhece a Pari....




  • + biblioteca de Judymaciris

    Esta história, me faz pensar, em como uma criança é indefesa e vulnerável, e, como a sua vida pode seguir por caminhos inimagináveis, criando um futuro jamais sonhado, e, deixando um passado, cuja memória permanece, causando tristeza e sofrimento. O tempo, marca e apaga lembranças de nossa existência, e, não importa quais os caminhos que seguirá a nossa vida; pois nossa raiz, nossa origem, nossa infância,vão estar marcados em alguma lembrança. em alguma fotografia,em algum lugar do passado.




  • classificou 0
    + biblioteca de Andrea

    Os livros de Khaled pra mim são sempre emocionantes....sempre uma grande surpresa, e uma lição de vida!!!!!




  • classificou 0
    + biblioteca de Janaina

    O Silêncio das Montanhas conta a história de dois irmãos Pari e Abdullah, eles são órfãos de mãe, e vivem com o pai em uma aldeia pobre situada próximo a Cabul. Pari tem menos de quatro anos e Abdullah tem treze anos de idade, desde que sua mãe morreu, Abdullah vem cuidando de Pari com toda dedicação juntos eles se sentem seguros e protegidos. Um dia, eles foram separados da pior forma possível: Pari foi vendida. A garota pequena demais para entender e se lembrar do passado, passa a vida sentindo falta de algo desconhecido. Seu irmão vive seus dias sonhando em reencontrá-la. A fome pela qual a família passa acaba levando o pai decidir vender a filha. Ao contrário de muitos livros com finais felizes, este é cruel e ao mesmo tempo tocante.




  • classificou 0
    + biblioteca de Bruna

    a estória em si é bacana, mas é bem morno.




  • classificou 0
    + biblioteca de Nathani

    Talvez chamar Khaled Hosseini de "um exímio contador de histórias" seja algo já repetitivo e sem novidade para os seus leitores. Mas, ainda assim, não se deve falar de seus livros sem destacar a sua principal característica: o poder da narrativa. Imagino o quanto que Farah e Harris, os dois noor dos seus olhos, são sortudos em tê-lo em casa. Imagino também como deve ter sido na infância dos dois, eles deitados no colo do pai, ou cada qual em sua cama, depois de terem jantado, esperando mais uma "historinha" antes de dormir. Exatamente como o pai de Abdullah e Pari faz, contado logo no primeiro capítulo de "O Silêncio das Montanhas". Li uma crítica em um site, feita por uma colunista que desconheço, na qual ela diz - equivocadamente, na minha opinião - que Hosseini "'escorrega no melodrama", o que o aproxima do tom novelesco nesta obra'''. Eu discordo extremamente da sua opinião. Hosseini não escreve para "agradar" ao seu leitor. Ele passa longe disso. Segundo as próprias palavras dele: sinto a obrigação de escrever livros verdadeiros. E ele o faz de maneira grandiosa. Hosseini não é um autor da Televisa, com todo o respeito. Ele mostra a verdade nua e crua. Eu costumo dizer que suas palavras são como um bisturi, elas vão abrindo as nossas entranhas, vão invadindo os nossos preceitos, estampa na nossa cara os nossos preconceitos, e chega ao nosso coração, ai o nosso cano de escape é deixar tudo escorrer pelos olhos.
    É "escorregar no melodrama" nos fazer refletir sobre as nossas relações, como o destino age em nossas vidas e sobre o tempo?
    A história de Abdullah e Pari me fez refletir sobre o seguinte: se eles que passaram a vida inteira sentindo um a falta do outro, tendo suas vidas "cruzadas" através apenas da vida de personagens secundários, e, quando conseguiram se reencontrar, segundo Pari II: "já era tarde demais"; ainda assim, como disse Pari: "mas [o importante é que] nós nos encontramos, não?", então, por que não valorizamos quem temos por perto e quem está ao nosso "alcance"? Por que colocamos barreiras intransponíveis quando a distância, muitas vezes, é de uma rua para outra?
    Não sei o porquê da crítica fria dessa autora. Talvez para ela tenha faltado - não literalmente - o que foi reservado ao destino de Abdullah: "entrar em águas". Se deixar levar pela história. Lê-la "de olhos fechados". Como se fosse contada por Hosseini, numa noite fria de inverno, onde ela estivesse na na posição de Harris e Farah, deitada e desfrutando do contador de histórias.




  • classificou 0
    + biblioteca de Celso

    Comfuso e enjoativo. Perdeu a essência dos dois primeiros.







Baixe seu e-book

Download

Livro de papel na Saraiva
com um super desconto!

Quero

Comprou, ajudou. :)

Compre um livro e ajude o Orelha de Livro a continuar existindo. Como assim?

Olá querido usuário,
um minutinho da sua atenção.

O que você tem achado do Orelha de livro? Saiba que para nós, não existe nada mais importante do que um usuário feliz. Gostaríamos então de lhe fazer um pedido, mas antes disso, queremos explicar algumas coisas: O Orelha de Livro é um projeto sem fins lucrativos mantido pelo MuccaShop, mas que precisa de dinheiro para continuar ativo. São diversas despesas, como servidores, computadores, funcionários, entre outras coisas que ajudam a manter nosso site no ar. Ok, você deve estar se perguntando, como posso ajudar? Oras, é bem simples. Alguns sites pedem doações aos seus usuários, mas nós não curtimos muito essa ideia. Ao invés disso, decidimos criar uma ferramenta muito útil para quem adora livros: um comparador de preços (que aparece na página de detalhes do livro) e sugestões de livros (que você já deve ter visto pelo site). Assim, sempre que encontrar um livro do seu gosto, por um preço bom, basta clicar e realizar a sua compra no site da loja. Muito fácil, não? Dessa maneira, além de estar ajudando a manter o Orelha de livro ativo e ver crescer sua biblioteca, terá nossa gratidão eterna. :) Muito obrigado, e boa leitura!

Orelha de Livro